Pular para o conteúdo

MENSAGEM DA MESTRA KUAN YIN

  • por

Brasília-DF, quinta-feira, 20/06/2013

Canalizada por YARA CLAUSSEN

Obs: no momento em que era feita esta meditação aconteciam manifestações em todo o país, e em Brasília tinha início um ato de vandalismo no palácio do Buriti.

            Benditos sejam os caminhantes da luz, benditos sejam todos vocês! Bendito é o amor que cada um de nós que trabalha na energia crística derrama sobre vocês neste momento. Bendita é a gratidão que sentimos pelo amor que disponibilizam em benefício do todo em uma reunião simples como esta, onde reúnem esforços físicos e materiais para estarem aqui, para criar este grande boom de energia que beneficia tantas pessoas.

 Vocês não têm a dimensão do bem, do amor que são capazes de gerar! É um momento muito delicado para este país e seu povo, onde um grande despertar de consciência – que vem sendo trabalhado por nós há muito tempo – está acontecendo.

 É um país jovem, uma população jovem que anseia por liberdade, por melhores condições de vida, por conhecimento, por ensinamentos que aqueles a quem vocês delegam poderes insistem em negar. Todos estão cansados de viver num país de faz de conta, onde a riqueza é abundante, onde a prosperidade é abundante, onde a alegria e o amor são abundantes, mas a divisão das águas nem sempre tem sido o retrato das necessidades do povo.

Nós lamentamos por aqueles que usam o momento de tomada de consciência para se insurgir contra a ordem, contra a própria liberdade e usaremos a energia gerada neste encontro para envolver estes irmãos que estão perdidos na baderna de sua própria estrutura mental e emocional, e são levados uns pelos outros. Envolvemos a cada um deles para que retomem a consciência da importância que têm nesta grande manifestação popular que vai gerar algumas mudanças. Mas a maior das mudanças será levar a todos aqueles que governam, a informação de que aqui tem um povo, e que este povo se ama e se une quando preciso para lutar pela sua liberdade e pelos seus direitos com dignidade, com amor, com respeito a seu próximo. E isso vai pesar muito, pois eles serão tolhidos e recambiados para parâmetros de igualdade, de respeito à população e à sociedade. Daí, sim, os frutos deste movimento começarão a ser colhidos por todos.

Projetem de seus corações e de seus pensamentos muito amor, muito amor, muito amor todo o tempo, todos os dias, de manhã até à noite para que possamos fazer a mudança acontecer neste país, nestas terras de tanta luz e tanto amor. Em momento nenhum se projetem na vibração do ódio, do rancor, do sofrimento e da violência, porque aí vocês estarão estimulando os poucos que não despertaram para a grandeza do momento. Vocês podem fazer a diferença como estão fazendo aqui e agora. Continuem fazendo isto e tudo se refletirá na vida de cada um, de cada uma.

O momento é um momento de transição planetária e universal. Momento de libertação, de transmutação. Isso acontece em todos os níveis da mais ínfima partícula de luz ao mais grotesco átomo, passando por toda forma de vida. Respeitem este momento em vocês, em sua família, em seu trabalho, na comunidade, no país, no mundo e no universo.

 Que haja sempre luz, que haja sempre muito amor, muito discernimento no DEUS que cada um de vocês é. 

Eu reverencio o DEUS que cada um É, o DEUS que Eu Sou.

 Namastê,

Kuan Yin

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.